Análise de Tendência Comportamental


Agradecemos sua participação neste processo de Análise de Perfil Comportamental.

Por favor, preencha os dados abaixo indicados e quando terminar,

pressione o botão "Enviar" para postar seus dados.

Lembre-se de que, para uma maior precisão analítica, é importante que você responda as questões considerando:

  • 1. Procure estar relaxado.
  • 2. Pondere e assinale somente as questões que mais se aproximam de você.
  • 3. Seja sincero e verdadeiro consigo mesmo.

Havendo dúvidas, clique aqui! Estamos à disposição.


Nome da empresa:
Seu Nome:
Seu e-mail:
Idade:
Tempo de empresa:
Sexo:
Escolaridade:
 

Assinale abaixo somente as afirmações que mais se aproximam de você (de seu comportamento)

Antes de iniciar pressione o botão iniciar no cronômetro.

 Lembre-se de que você tem 15 minutos para encerrar este processo.   

 

    

Sou o tipo de pessoa com energia positiva.

A mínima falha pode por tudo a perder para mim.

Posso ser um árbitro imparcial pois sempre considero os dois lados da moeda.

Sempre que posso, minimizo os problemas para tranqüilizar as outras pessoas.

As artes e as expressões artísticas são muito importantes para mim, como um meio de canalizar minha criatividade e emoções.

As vezes detecto traços de puritanismo em mim.

É muito importante para mim ser correto e fazer tudo direito.

A primeira impressão é a que conta.

Sinto-me frutado porque nem eu nem os outros somos o que deveríamos ser.

Vejo as coisas em termos de certo ou errado, bom ou mau. Não há meio termo.

Sou uma pessoa determinada. Quando fixo uma meta, sou obstinado.

Sinto orgulho mais em servir aos outros do que qualquer outra coisa.

Aprecio ser importante na vida dos outros e que as pessoas precisem de mim.

Sempre me culpo por não ter feito o melhor.

Gosto de oferecer ajuda às pessoas quando as vejo com problemas ou numa situação embaraçosa.

Sou impulsionado a ajudar outras pessoas, quer queira, que não.

As pessoas sempre me pedem uma palavra de consolo ou um conselho.

Muitas vezes, sinto uma sobrecarga de dependência dos outros sobre mim.

De vez em quando, sinto que as pessoas não valorizam o que faço por elas.

Gosto muito de cuidar dos outros.

Preciso ser perfeito para ser amado e validado pelos outros.

As vezes, me sinto enganado pelas pessoas, usado por elas.

Freqüentemente, vozes que me criticam ressoam na minha cabeça.

Gosto de ter metas definidas e saber quais as minhas chances para alcançá-las.

Sou invejado pelo muito que já consegui.

Faço muito esforço para corrigir as minhas falhas.

Nunca tenho problemas em tomar decisões.

Projetar uma imagem bem sucedida é muito importante.

Odeio quando dizem que o que estou fazendo não funciona ou está errado.

Prefiro trabalhar onde hajam mudanças e oportunidades do que nas organizações que requeiram continuidade.

Aborreço-me quando vejo que as coisas não são como deveriam ser.

Acho que preciso realizar muito para que as pessoas me notem.

Às vezes, tenho alguma dificuldade em abrir mão do meu ponto de vista e concordar com o terceiro.

Estou sempre achando um modo de elogiar as outras pessoas.

Geralmente, as pessoas não cultivam as emoções tão fortemente quanto eu.

Às vezes sinto que os outros não tem a capacidade de entender como eu me sinto.

Gosto de fazer tudo corretamente, de forma original e com classe.

Boas maneiras e bom gosto são importantes para mim.

Não gosto de pensar em mim mesmo como uma pessoa comum, igual às outras.

Costumo ficar preocupado com o sofrimento, a perda e a morte.

Identifico-me com a figura de um "palhaço trágico" sorrindo na escuridão.

As pessoas me acusam de ser super-dramático mas, na verdade, elas não se esforçam para compreender como me sinto.

Gosto muito de teatro e chego a me imaginar representando.

Guardo meus sentimentos para mim mesmo.

Tenho dificuldade em manter conversar superficiais.

Intelectualmente, gosto de sintetizar e de juntar idéias diferentes.

Quase sempre, deixo os outros tomarem a iniciativa.

Num local público, prefiro sentar atrás, observar as pessoas e não me envolver.

Dizem que tenho tendência a viver um pouco mais isolado dos demais.

Pareço ser mais reservado que os outros. As pessoas sempre me perguntam no que estou pensando.

Tenho uma certa dificuldade de conseguir ou pedir o que necessito.

Fico irritado quando as pessoas sempre me pedem para falar mais alto.

Independentemente dos meus próprios interesses, sempre combato a injustiça.

Antes de decidir, aprecio contar com informações adicionais para ter segurança.

Gosto de estar inteiramente certo antes de agir.

Acho que sem regras bem definidas, fica difícil dizer o que as pessoas podem ou devem dizer.

Idealizo subir na vida à custa do senso do dever e da responsabilidade.

Gosto de conhecer claramente os meus limites (e os dos outros) no trabalho.

Pressinto o perigo e a ameaça mais do que os demais.

Prefiro ter as coisas previstas e esquematizadas do que em aberto.

Freqüentemente, avalio se as pessoas são ou não uma ameaça para mim.

Às vezes, me flagro fantasiando no papel de algum herói ou exercendo um cargo elevado na empresa.

Sempre é interessante saber de que lado as pessoas estão.

Existem poucas coisas na vida que eu não possa vir a desfrutar.

Minha experiência me leva a crer que as coisas são sempre para melhor.

Gostaria que as pessoas fossem menos preocupadas com a vida.

Aprecio que os outros me vejam como alguém feliz.

Geralmente, encaro as coisas mais pelo lado alegre do que pelo lado negativo.

Gosto de me sentir uma pessoa brincalhona, bem humorada e até um pouco infantil.

Num encontro, gosto de contar histórias e piadas.

As pessoas dizem que sou a alegria da festa e sentem falta da minha presença.

Concordo com a afirmativa:  "Se alguma coisa é boa, mais ainda é melhor".

Procuro conhecer um pouco de muitas coisas do que tudo sobre as poucas.

Muitas coisas na vida não valem o aborrecimento que causam.

Sempre me disponho a lutar e enfrentar pelo que quero.

Descubro facilmente o ponto fraco de outra pessoa e o uso, se for provocado.

Via de regra, eu não consigo deixar de expressar minha insatisfação pelas coisas que considero erradas ou que contrariem.

Não temo em me confrontar com outras pessoas e, na verdade, até gosto de enfrentá-las, se acho que estão erradas.

Sempre protejo as pessoas que estão sob minha responsabilidade.

Não sou muito ligado à introspecção e à auto-análise.

Não consigo ser conivente nem me adaptar às situações e pessoas desleais.

Estou quase sempre calmo e em paz comigo mesmo.

Gosto de meditar quando não tenho nada para fazer.

Embora hajam algumas diferenças, acho a maioria das pessoas parecidas.

Geralmente não me entusiasmo demais com as pessoas.

Na vida, não há nada tão urgente que não possa esperar até amanhã.

Não gosto de gastar minha energia à toa. Busco resguardar minhas forças.

Gosto muito de ter tempo e espaço privativo para mim mesmo.

A palavra sucesso significa muito para mim.

Orgulho-me de ser considerada uma pessoa estável, equilibrada.

 
 

Por favor, certifique-se de que as respostas refletem sua real avaliação e pressione o botão "enviar" para finalizar.

Muito obrigado pela sua participação!